terça-feira, 26 de abril de 2011

João do Norte

João do Norte é forte:
Sabe cair, sabe seerguer.
Com o seu porte e sorte
Em cascatas vai se perder

Pode acordar com medo
De uma nova buzina

Pode ficar preso vendo
Numa janela de cima
Em um ônibus ilhado

Pode não ter um transporte
E ter de passar a nado,
Sem haver qualquer suporte,
Pode só se ter frustrado
E temendo sua morte...

Por águas 'inda é levado.





A cada João do Norte de uma cidade embaixo d'água.

Nenhum comentário:

Postar um comentário