terça-feira, 20 de dezembro de 2011

Solstícios

Solsticios vem e vão.

Ou por mero tempo,
Largados nesse chão,

'Sticados no vento,
Tingidos pelas mãos

Isso pelo remo,
Ciótico que é,
Inabil por crermos.

Ou por estar em pé
Diferentes termos

Verão, porém, além
Em qualquer discussão
Rogar um fogaréu
A uns deuses em vão
Ou por gelo do céu

Nenhum comentário:

Postar um comentário