domingo, 22 de maio de 2011

Um Bom Presente Errado

Ontem, eu fui perguntado
sobre qual era o estrago,
por não ser imaginado
um irmão de trinta anos.

Eu me senti em bons panos
por poder o engraçado.

Me é muito mais quyum quadro,
um livro, um desenhado,
as piadas de bom grado
em que todos somos falhos,
seja o que escolhamos

E o Rosa virou Ramos,
Guimarães, Graciliano,
num bom presente errado.

Nenhum comentário:

Postar um comentário