segunda-feira, 14 de maio de 2012

Cebolas

Ainda sou aflito.
Eu não consigo chorar.
Realmente preciso.
Porém, irei segurar.

Por haver esperança
De eu ser só criança,
De serem coisas tolas.

Não querendo à toa
Não me manter de boa.

Então estou comigo,
Este doido varrido
Que esquece que chorar
Também tem seu motivo
Mesmo que coisas tolas,...

Me cortarei cebolas

Nenhum comentário:

Postar um comentário