quinta-feira, 26 de abril de 2012

Sorrir Acordado


E é só, Dicró
E de nó em nó
Eu faço corda

Espero me lembrar
Daqui até a porta

Quand'eu passo no rio
Tão sujo e frio
Eu me amarro todo
Se não fosse seu humor
Eu esquecia o pouco

Qu'eu tenho e volto
Qu'eu durmo e acordo
E tô preparado
Pra deitar sorrindo

E sorrir acordado.

Nenhum comentário:

Postar um comentário