domingo, 23 de junho de 2013

Há de Haver Ar


E há de se crer
Que andar por ver
Terá de fazer
Objetivar.


E por tal andar,

Até ver o mar,

Há de hesitar.


Há de hesitar.
Há de ser content'

Por estar a par
Que em todo mar
Pode se mostrar,
De qualquer lugar,
Algum navegar
Ou uma serpent'

Nenhum comentário:

Postar um comentário